Seja responsável. Beba com moderação

Tem a idade legal para o consumo de bebidas alcoólicas no seu país?
Práticas sustentáveis da vinha à garrafa Sustentabilidade Ambiental Sustentabilidade Social

Práticas sustentáveis da vinha à garrafa

Numa época em que a disponibilidade de recursos naturais é cada vez mais escassa, o conceito de economia circular ganha uma enorme importância. Este modelo de desenvolvimento sustentável permite devolver os materiais ao ciclo produtivo através da sua reutilização, recuperação, reparação e reciclagem, assegurando assim maior eficiência na utilização e gestão de recursos naturais, maior sustentabilidade do Planeta e bem-estar das populações. De uma maneira geral a sustentabilidade tenta integrar três grandes objetivos: proteção do meio ambiente, rentabilidade económica e equidade social.

A adoção de boas práticas para a utilização eficiente de água e energia e para a redução e valorização dos resíduos na produção das uvas e engarrafamentos dos vinhos, enquadram-se no compromisso da Adega de Borba. Assim, é possível produzir uvas e vinhos de forma sustentável em parceria com os viticultores associados, fornecedores, clientes e comunidade envolvente.

O setor vitivinícola, em particular, tem sido fundamental na implementação de práticas sustentáveis, assumindo um papel de liderança na agricultura. À semelhança de outras regiões no mundo, a Comissão Vitivinícola Regional Alentejana decidiu lançar em 2012 um Plano de Sustentabilidade para os Vinhos do Alentejo (PSVA), disponibilizando aos participantes uma ferramenta para avaliar a forma como desenvolvem as suas atividades e oferecer recomendações para aumentar a competitividade e sustentabilidade dos vinhos do Alentejo.

A Adega de Borba já tinha implementado em 2017 um conjunto de práticas de sustentabilidade, tendo aderido de imediato ao PSVA, símbolo de um verdadeiro esforço coletivo do Alentejo vitivinícola.

Ao longo dos últimos anos, a Adega tem estabelecido uma parceria com os seus viticultores associados, de forma a desenvolver produtos que sejam comercialmente viáveis, que preservem os recursos ambientais, e que promovam o bem-estar social dos seus colaboradores e das comunidades envolventes.

Sustentabilidade Ambiental

Com as alterações climáticas, os períodos de seca no Alentejo têm sido mais frequentes. O clima tem sofrido várias oscilações, com impacto em algumas culturas na região. Neste sentido, o conceito de sustentabilidade passou a assumir na Adega de Borba uma relevância cada vez maior.

Afinal, o setor vitivinícola depende dos recursos naturais, energia solar, água potável e solos saudáveis. Sem uma produção responsável e sustentável, o nível de qualidade e excelência dos nossos produtos seria impactado.

Ao longo dos últimos anos a Adega de Borba tem vindo a adotar práticas sustentáveis, não só dentro das suas instalações, como igualmente na vinha, com o objetivo de promover a eficiência energética, a gestão de água e de resíduos.

Para reduzir o consumo de água e de energia:

Construção do “Green Roof”

Integrou um “Green Roof”, isto é, uma cobertura composta por 12.000 m2 da planta “sedum”. Trata-se de um cato plantado em hidroponia que permite diminuir a amplitude térmica das naves e, deste modo, reduzir o custo energético por evitar a climatização das várias áreas.

Cubas de fermentação mais eficientes

Adotaram-se no processo produtivo as cubas de fermentação “Ganimede”, contribuindo para a redução do consumo energético durante a vindima. Estas cubas usam a energia do dióxido de carbono produzido durante o processo de fermentação, permitindo que as remontagens do mosto se façam sem o recurso a bombas elétricas.

Aposta na energia solar

Instalação da primeira central fotovoltaica na adega principal para aquecimento da água de lavagem das linhas de engarrafamento e equipamentos de filtração.

Novo sistema de reaproveitamento de águas

Implementou-se nas linhas de engarrafamento um sistema de reaproveitamento das águas, com destino às lavagens na Adega. Passou também a recolher-se e a utilizar águas pluviais.

Redução do consumo de energia

Instalação de claraboias nas linhas de engarrafamento para redução do consumo de energia e para melhorar o ambiente de trabalho dos colaboradores com luz natural.

Novo programa de formação para os viticultores

Promoção e aconselhamento técnico aos viticultores para implementarem a Produção Integrada e Práticas Sustentáveis na cultura da vinha, como é o caso do enrelvamento na entrelinha, da aplicação de compostos orgânicos produzidos a partir dos engaços das uvas ou da gestão sustentada do ecossistema. Este é um contributo muito importante para a melhoria económica, social e ambiental nas suas explorações agrícolas, auxiliando a fauna e a flora, através de tomadas de decisão e aplicação de processos e medidas produtivas favoráveis à sustentabilidade.

A Adega de Borba está ainda profundamente empenhada em estabelecer um trabalho de parceria com os seus fornecedores de materiais de embalagem, de forma procurar soluções mais ecológicas e ao mesmo tempo trabalhar em conjunto para o aumento da eficiência, competitividade e sustentabilidade dos nossos produtos. A redução do peso das garrafas, a utilização de materiais reciclados e a utilização de rolhas de cortiça em todos os nossos vinhos são preocupações constantes.

Números a destacar

-32%

Redução do consumo total de água*

-33%

Redução do rácio de consumo de água por unidade produzida*

23%

Eletricidade consumida com origem em painéis fotovoltaicos (2020)**
*Esta análise considerou o consumo dos últimos 9 anos
**Refere-se ao Relatório de Contas de 2020

Sustentabilidade Social

Para além de toda a componente de sustentabilidade ambiental e de produção responsável, a Adega de Borba desempenha uma missão fundamental no desenvolvimento económico da região.

Assim, os sócios, colaboradores, prestadores de serviços, fornecedores de explorações vitícolas, algumas instituições públicas, entre outros, têm na Adega de Borba uma das suas principais fontes de rendimento.

Do sucesso da nossa empresa depende o bem estar de muitas centenas de famílias desta região, tendo a Adega um papel fulcral na manutenção da competitividade da viticultura em Borba, que é fundamental para o seu futuro.

Este site utiliza cookies necessários ao seu funcionamento. Ver mais